Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Dengue - Câmara Municipal realiza ação de conscientização

10/06/2019

Uma simples picada que pode levar a morte. Os dados de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, vetor de doenças como dengue, zika e chikunguya, aumentam a cada dia. Primavera do Leste tem números significativos de registros de dengue. São aproximadamente 200 casos notificados, somente nesses cinco meses de 2019.

A realidade do estado de Mato Grosso não é diferente. São cerca de dois mil registros há mais, em uma comparação com o ano de 2018. A Câmara Municipal de Primavera do Leste, além de discutir estratégias para combater o foco de proliferação do mosquito, tem levado ações efetivas de orientação e conscientização aos moradores dos bairros considerados com índice de infestação altos, por meio do Câmara Sustentável, um programa de responsabilidade socioambiental.

Com esse objetivo de minimizar os casos de dengue e impedir que o município passe por uma epidemia da doença, vereadores e servidores estiveram no bairro Guterres, para vistoriar imóveis e conscientizar a população.

Conforme o presidente da Câmara, Paulo Márcio (DEM), cerca de 80% dos focos do mosquito estão dentro das residências e pelos dados alarmantes do município, torna-se imperioso ações efetivas. "Precisamos envolver toda a comunidade no combate ao mosquito e ir além dos limites de nossas atribuições de vereador. Todos nós temos responsabilidade e, tomar consciência disso, nos faz vencedor dessa guerra contra o mosquito", disse.

Para a vice- presidente, vereadora Carmen Betti (PSC), a maneira de intensificar os cuidados e eliminar tudo que pode acumular água, é através da união de esforços. "O poder público tem feito a sua parte, com os trabalhos de vistorias e, inclusive, com a criação da Sala de Controle, responsável em discutir estratégias de combate. Mas precisamos do engajamento da sociedade para atingir o objetivo", salientou.

Conforme o vereador Luis Costa (PR) são as pequenas ações que fazem a diferença. "A discussão do enfrentamento ao mosquito é uma prioridade no parlamento do Legislativo. Tivemos registro de morte em nosso município e não podemos perder essa guerra para o mosquito. Levar orientação e conscientização a população demonstra o nosso empenho e preocupação nesse combate".

A vereadora Iva Viana (PDT) salienta que os criadouros estão em qualquer acúmulo de água parada, por menor que seja. "Por isso, precisamos manter os cuidados diários para eliminar o mosquito. O combate não pode ocorrer apenas em determinados período do ano, ele deve ser contínuo. Só assim conseguiremos diminuir os índices".

Câmara Sustentável

O Programa Câmara Sustentável foi implantado com o objetivo de criar uma política de responsabilidade socioambiental dentro dos princípios de economicidade e uso consciente de tudo que os servidores e vereadores utilizam na rotina diária. Segundo o presidente Paulo Márcio (DEM), "nosso foco é incentivar a gestão sustentável e fazer a nossa parte enquanto cidadão. São gestos pequenos, que parecem não ter impacto, mas reflete nossa responsabilidade de pensar no futuro, meio ambiente e economia do dinheiro público", explicou.

Acompanhe abaixo registros fotográficos

Grupo de notícia Cidade



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso