Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Governo prevê déficit de R$ 1,3 bilhão na previdência estadual em 2019

22/07/2019

Custo das aposentadorias e pensões aumentou cerca de 6 mil porcento nos últimos 10 anos, segundo MT Prev.

De acordo com um levantamento feito pelo Mato Grosso Previdência (MT Prev), o estado terá um déficit de R$ 1,3 bilhão para pagamento de aposentadorias e pensões, este ano. O estudo foi divulgado na sexta-feira (19).

Ainda segundo a autarquia, o governo arrecada cerca de R$ 170 milhões por meio das contribuições previdenciárias, enquanto que a despesa com o setor gira em torno de R$ 260 milhões.

De acordo com diretor-presidente do MT Prev, Epaminondas Antônio de Castro, o custo das aposentadorias e pensões aumentou cerca de 6 mil porcento nos últimos 10 anos. Em janeiro de 2009, o governo aportou R$ 1,3 milhão. Entretanto, até junho deste ano, foram utilizados cerca de R$ 112 milhões.

Ele afirmou ainda que o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores estaduais não é autossustentável e prejudica a situação financeira do estado.

"Ao contrário do Regime Geral do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que pode ser financiado por várias receitas, em Mato Grosso a receita vem apenas das contribuições previdenciárias dos servidores ativos, inativos e pensionistas, e da contribuição patronal paga pelo Estado, que é 22%", comentou ele.

Segundo Epaminondas, o governo apoia a inclusão dos estados na reforma da previdência em tramitação no Congresso Nacional. Uma proposta de emenda constitucional (PEC) só para os estados está sendo discutida.

fonte: G1-MT

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso