Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Militante é encontrado morto após 5 dias desaparecido

30/04/2019

Família disse que o corpo da vítima tinha perfurações. Edmar Valdinei Rodriques Branco, de 59 anos, era militante do MST, CPT e era tido como uma liderança rural.

Um artesão foi encontrado morto depois de ficar 5 dias desaparecido na região da Comunidade Jangada Roncador, em Chapada dos Guimarães. O corpo de Edmar Valdinei Rodrigues Branco, de 59 anos, foi encontrado na tarde da última quarta-feira (24) e a morte é investigada pela Polícia Civil.

Edmar, que era considerado uma liderança rural, atuou como militante do Movimento dos Sem-Terra (MST) e agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) em Mato Grosso.

A família de Edmar disse que o corpo dele tinha perfurações – que seriam tiros – sendo dois na cabeça e um no peito. A Polícia Civil investiga a morte e informou que aguarda o resultado do laudo pericial para confirmar se trata-se de assassinato ou de causadas naturais.

O corpo estava em avançado estado de decomposição. De acordo com a Polícia Civil, Edmar estava desaparecido desde o dia 19. O corpo da vítima foi localizado a 100 metros de uma propriedade agrícola da região. Ao lado do corpo foi encontrado um facão.

As equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá estiveram no local para realização de perícias e transporte do corpo para a capital mato-grossense.

Edmar trabalhava como artesão e vendia em Chapada dos Guimarães os produtos que plantava na propriedade dele. Ele morava em uma região com histórico de disputa de terras em Chapada dos Guimarães.

Vizinhos da vítima e pessoas que trabalhavam com Edmar foram ouvidos pela Polícia Civil. O laudo que a polícia aguarda deve sair em 10 dias.

O delegado Marcelo Laet disse que o caso é investigado pela Polícia Civil.

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso