Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Polícia faz operação contra fraudes em fiscalização, transporte e comércio de madeira

06/05/2019

A operação, chamada de Isópteros, foi deflagrada nos municípios de Cuiabá, Juscimeira, Rondonópolis e Alto Garças. O nome da operação faz referência a colônias de cupins.

A Polícia Civil cumpriu, nesta segunda-feira (6), oito mandados de busca e apreensão domiciliar durante uma operação que apurar fraudes na fiscalização, comércio e transporte de produtos florestais em Mato Grosso.

A operação, chamada de Isópteros, foi deflagrada nos municípios de Cuiabá, Juscimeira, Rondonópolis e Alto Garças. As ordens judiciais foram cumpridas em residências e dois escritórios de advocacia.

O inquérito policial investiga a suspeita de falsificação de laudos, relatórios ambientais, sequestro e cárcere privado, associação criminosa, corrupção passiva, falsidade ideológica, lavagem de capitais, ocultação de bens, valores e direitos.

De acordo com a Polícia Civil, todos os crimes estão relacionados à atividade de fiscalização, comércio e transporte de produtos de florestais, em especial madeiras apreendidas e depositadas no pátio unificado da Secretaria Estadual Meio Ambiente (Sema-MT), no Distrito Industrial, em Cuiabá.

A suposta organização criminosa é investigada há mais de um ano. Ao longo das investigações, foram apreendidos documentos, celulares e equipamentos eletrônicos. Além da buscas, foi decretado o bloqueio de contas correntes dos integrantes do grupo criminoso.

Operação Isópteros

O nome Isópteros faz referência a colônias de cupins que possuem cerca de 2.800 espécies catalogadas no mundo. São insetos que causam prejuízos econômicos por ser uma praga que corrói madeira e outros materiais de celulose.

fonte G1-MT

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso