Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Prefeito de Pedra Preta condenado por improbidade administrativa é afastado do cargo

11/05/2019

Prefeitura teria adquirido mata-burros, no valor aproximado de R$ 59 mil, sem processo licitatório.

A Justiça de Mato Grosso afastou o prefeito Juvenal Pereira Brito (MDB), de Pedra Preta. De acordo com uma denúncia feita à Câmara, a prefeitura teria adquirido mata-burros, no valor aproximado de R$ 59 mil, sem processo licitatório.

Juvenal foi condenado por improbidade administrativa e prejuízo aos cofres públicos. O advogado de defesa do prefeito diz que vai recorrer da decisão.

A denúncia da compra de mata burro sem licitação também foi motivo de um pedido de cassação do prefeito na Câmara de Vereadores. No início de fevereiro, em uma sessão extraordinária, não houve votos suficientes para cassar o mandato do prefeito.

Com o afastamento do prefeito, o vice-prefeito, Luis Cândido Rodrigues Pereira, conhecido como Candinho, assume o cargo. Ele já pode responder pela administração municipal, mas será empossado oficialmente pelo presidente da Câmara de vereadores em uma sessão solene.

Mas por enquanto o poder legislativo de Pedra Preta ainda não foi comunicado da decisão. O vice-prefeito também responde por envolvimento na compra sem licitação, mas a justiça decidiu afastar apenas o prefeito das funções públicas.

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso