Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Produtores protestam contra taxação do milho e cobram aplicação do Fethab em estradas

14/05/2019

Cartas de reivindicação serão entregues na ALMT e no Palácio Paiaguás.

Produtores rurais de vários municípios de Mato Grosso realizam um ato nesta quarta-feira (15), contra a proposta do governo do estado de cobrar tributos sobre a produção de milho. Por meio da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), o agricultores também reivindicam a aplicação dos recursos oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) em estradas.

O produtores vão protocolar uma carta da reivindicações na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e no Palácio Paiaguás.

"O fator que gerou este movimento foi a taxação do milho. Na época em que o anúncio foi feito, o setor se posicionou contra, mas o governo ignorou. Diante das reivindicações dos produtores, optamos por realizar essa mobilização", explicou o vice-presidente da Aprosoja, Fernando Cadore.

Ainda segundo ele o foco do movimento é pedir a extinção da cobrança de tributo sobre o milho e a correta aplicação do Fethab 1 e 2 que, para os produtores deve ser em nas estradas, que seria o fim para o qual o fundo foi criado.

"Não temos estradas e pagamos uma alta carga tributária, mas o Fethab que deveria ser revertido em infraestrutura, não é, então o setor é prejudicado duas vezes", argumentou ele.

Os anúncios da taxação do milho e de uma nova edição do Fethab foram feitos no início deste ano pelo governador Mauro Mendes.

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso