Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Sobrinho mata tia, arranca o coração e entrega para filha dela

04/07/2019

Maria Zélia da Silva Cosmo, 55, foi brutalmente assassinada pelo seu sobrinho, de 28 anos, na noite de terça-feira (2), em Sorriso. No crime, o suspeito fez dois cortes no tórax da tia, arrancou seu coração e entregou para a filha da vítima, fugindo em seguida.

De acordo com as informações da Polícia Militar, por volta das 20h50 a equipe de plantão foi acionada para atender uma ocorrência de homicídio no bairro Bela Vista. Quando chegaram à casa, encontraram a vítima caída no chão do quarto, ensanguentada e com o tórax aberto.

Segundo os policiais, o tórax estava com dois cortes profundos, sendo um na horizontal e outro na vertical. Lumar Costa da Silva, que já confessou a autoria do crime, tirou o coração do peito da tia, colocou em uma sacola e o levou até a casa da filha dela. Lá, ele entregou o órgão e afirmou que tinha matado a tia, fugindo em seguida no carro da prima.

A polícia, assim que foi acionada, começou a fazer rondas pela cidade em busca do suspeito. Lumar estava em um Citroen preto, que momentos depois, invadiu o terreno de uma empresa e colidiu com um transformador. Não satisfeito, teria tentado colocar fogo no veículo, mas não conseguiu. Ele fugiu a pé pela rua, mas foi avistado pela PM.

Agressivo, resistiu a abordagem e só foi imobilizado quando os policiais algemaram seus pés e suas mãos. Ele foi levado para a delegacia, onde confessou o crime. O sangue da tia ainda estava em suas mãos e também no seu tênis. Material foi apreendido e entregue a Perícia Oficial.

A filha da vítima, identificada como Patrícia Cosmo, contou que o primo veio de São Paulo e que, a princípio, moraria com a tia, mas foi expulso de casa por ela no último sábado (29), após confessar que era usuário de droga. “A gente não tinha convívio com ele, veio primeiro para passear, disse que tinha gostado de Sorriso, que iria voltar para morar aqui e mudar de vida. Ele veio, ficou com a minha mãe que mora sozinha”, contou Patrícia.

Segundo ela, a mãe começou a nota que o rapaz chegava em casa alterado e que, após um conflito, ele confessou que era usuário de drogas. O filho de Maria acolheu o jovem em casa e em seguida, alugou uma quitinete para ele morar. “Ele chegou em casa com o coração da minha mãe em uma sacola, dizendo que tinha matado a velha desgraçada e que iria matar todo mundo lá de casa. Ele pediu meu carro e queria levar minha filha de 7 anos”.

Segundo a jovem, o primo estava fora de controle, disse que era apaixonado pela filha dela e queria beijá-la. Um amigo da família, que assistia o jogo da seleção brasileira no local, conseguiu impedir o homem. “Eu não sabia que ele era um psicopata. Minha mãe era tudo na minha vida, fazia tudo por mim e pelo meu irmão”, lamentou.

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso