Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



Sonegação, morte e prejuízos

08/03/2019

A delegada Jannira Laranjeira, que investiga o assassinato do empresário Wagner Florêncio Pimentel, afirmou que sua prisão, em dezembro de 2017, trouxe problemas de ordem financeira para empresas do ramo do agronegócio com as quais ele negociava notas fiscais frias.

“Ele vendia nota fiscal para esse grupo do setor do agronegócio. Então, quando ele foi preso, essas pessoas tiveram que recolher impostos que sonegaram”, afirmou a delegada, sem mencionar que grupo seria esse.

Ainda conforme a delegada, a esposa de Wagner afirmou que seu marido negociava uma delação premiada com o Ministério Público Estadual.

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso