Cel/Whats: (66) 9 9687-7993 | (66) 9 9619-3966

E-mail: redacao@mtnews.jor.br | facebook.com/mtnews



TCE pede intervenção em Ribeirão Cascalheira e Torixoréu

21/12/2018

A representação será encaminhada ao governador

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso pediu a intervenção do Governo do Estado em mais dois municípios. Assim como os gestores de Chapada dos Guimarães e Acorizal, o prefeito de Ribeirão Cascalheira, Reynaldo Fonseca Diniz, e a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho, não prestaram contas ao órgão de controle externo do exercício de 2017. A representação será encaminhada ao governador José Pedro Taques.

Após o julgamento das contas anuais de governo de Acorizal, na sessão plenária de 11/12, a Corte de Contas firmou entendimento de que diante da ausência de informações, o julgamento das contas anuais de governo dos municípios deve resultar em parecer contrário à aprovação; pedido de intervenção ao governador; instauração de Tomada de Contas; ofício ao Legislativo Municipal; e envio dos autos ao Ministério Público Estadual, para ciência e providências cabíveis.

As contas anuais de governo de Ribeirão Cascalheira (Processo nº 172650/2017) foram julgadas na sessão ordinária do Tribunal Pleno de terça-feira (18/12). O relator foi o conselheiro interino João Batista de Camargo. Já as contas anuais de governo de Torixoréu (Processo nº 173231/2017) foram julgadas na sessão extraordinária do Tribunal Pleno, na quarta-feira (19/12). O relator foi o conselheiro interino Luiz Carlos Pereira (foto acima).

Grupo de notícia Estado



Video publicitário

VIDEOS

Clima | Tempo

Jornal Impresso